Cultura

“Callas in Concert – The Hologram Tour” chega ao Brasil em outubro

Por Fernanda Maestro PIRANOT / PORJUCA Publicado em 21/08/2018, 15:07 - Atualizado em 21/08/2018, 15:21

Foto: Divulgação

Em outubro, chega ao Brasil “Callas in Concert – The Hologram Tour”. Avançada e inovadora tecnologia permite dar vida a maior celebridade da ópera do século XX, Maria Callas. As apresentações acontecem no dia 16 de outubro, no Espaço das Américas, em São Paulo.

Por meio de projeção digital a laser, Callas é recriada digitalmente nos mínimos detalhes. Seu holograma tridimensional surge no palco, acompanhado por uma orquestra ao vivo, e a voz da cantora, que dominava o canto lírico com perfeição, está presente em gravações originais digitalmente remasterizadas 40 anos após seu falecimento.

Este conceito de performance foi dirigido com competência por Stephen Wadsworth (Masterclass) da The Juilliard School, um veterano dos salões onde Callas reinou suprema, incluindo o La Scala, o Met e o Covent Garden.

“O show vai agradar gerações de plateias que nunca experimentaram Callas e que podem saber pouco sobre ela, além de sua reputação, bem como amantes de ópera que estão muito familiarizados com seu trabalho, suas gravações e sua complexa história de vida”, disse Wadsworth.

Maria Callas faleceu precocemente com apenas 53 anos, em setembro de 1977, mas continua sendo a diva operística, a soprano descendente de gregos nascida nos Estados Unidos que definiu e até redefiniu a ópera no século 20 e que nunca perdeu lugar entre os artistas clássicos mais vendidos no mundo.

A trilha sonora “Callas in concert – The Hologram Tour” será lançada, em setembro, pela gravadora Warner Classics, que também desenvolveu o primeiro site oficial de Maria Callas (www.maria-callas.comque foi criado para mostrar a importância cultural e musical da cantora, como incentivar a pesquisa de sua vida e obra.

Serviço São Paulo

Data: 16/10/2018 (terça-feira)
Local: Espaço das Américas – Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP
Abertura das portas: 19h30
Início do show: 21h30
Classificação: 16 anos. Menores de 16 anos acompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Ingressos à venda a partir do dia 17/08 às 13h
Na internet: www.ingressorapido.com.br

Ponto de venda sem taxa de conveniência:
Bilheterias do Espaço das Américas, situado na Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP
Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 13h às 19h, exceto feriados.
Meia entrada: Confira a política de meia entrada acessando o site https://sac.ingressorapido.com.br/hc/pt-br/articles/115005959788-Veja-aqui-todas-as-informações-de-Meia-Entrada

“Callas in Concert – The Hologram Tour” chega ao Brasil em outubro 2018-08-21T15:21:42+00:00

Shopping de Limeira reúne 22 artistas nacionais em exposição

Por Fernanda Maestro PIRANOT / PORJUCA Publicado em 06/08/2018, 15:24 - Atualizado em 06/08/2018, 15:24

O Shopping Center Limeira abre suas portas para a exposição “Vicent Van Gogh com Amor” que acontece de 04 a 25 de agosto, no espaço de eventos do Shopping Center Limeira, gratuitamente.

46 obras de 22 artistas do Brasil estarão expostas para visitação na Galeria de Arte & Ateliê, Lícia Simoneti. Segundo Lícia, artista plástica e curadora de arte que organizou o evento, a mostra tem como objetivo resgatar, difundir e preservar a memória e o aprendizado cultural, por meio do legado de Vicent Van Goch, para que contribua com o conhecimento e construção da cultura. “A exposição está linda! Conto com a participação de todos”, convida Lícia.

A abertura oficial da exposição aconteceu no último sábado (04) e contou com apresentação de dança do Espaço Núcleo, além de coquetel e apresentação de uma palestra com o tema “As peculiaridades da vida de Vicent Van Gogh”, ministrada pela artista plástica e diretora de Artes do Centro de Poesia e arte de Campinas, Marly Stracieri.

Exposição “Vicent Van Gogh com Amor”

Data: 04 a 25 de agosto

Horário: 10h às 22h

Local: Galeria de arte & ateliê, Lícia Simoneti.

Evento gratuito

Foto: Divulgação

Shopping de Limeira reúne 22 artistas nacionais em exposição 2018-08-06T15:24:08+00:00

Modelo fitness, Bella Falconi lança sua primeira música

Por Fernanda Maestro PIRANOT / PORJUCA Publicado em 02/08/2018, 14:32 - Atualizado em 02/08/2018, 14:32
Bella Falconi é conhecida por ser engajada socialmente em temas como vida saudável, maternidade, moda, beleza e lifestyle. No entanto, ela também tem se tornado um referencial quando o assunto é a fé.
Em um novo momento de sua vida, a nutricionista lançou uma música que fala sobre espiritualidade e seu relacionamento profundo com Deus. Para surpresa dos fãs, ela divulgou no iTunes suas composições autorais. “É com muita alegria que compartilho a playlist com todos os louvores que compus, já na Apple Store 100% gratuito. Que Deus possa abençoar cada um de vocês através desses louvores.”, comemorou a influencer.
O EP (produto promocional) intitulado “Eu Honrarei o Teu Nome Jesus”, traz cinco músicas em parceria com Bruna Lopes e Bárbara Amorim, produzido por Samuel Salgado, no estilo de louvor e adoração, também conhecido como Worship.

Modelo fitness, Bella Falconi lança sua primeira música 2018-08-02T14:32:29+00:00

Em clima de Copa, conheça mais sobre a cultura russa

Por Assessoria de imprensa Publicado em 14/06/2018, 16:13 - Atualizado em 14/06/2018, 16:13

Ambos são países continentais, com históricos e temperaturas distintas, separados por milhares de quilômetros e supostamente muitas diferenças culturais. Mas se engana quem pensa que não existem semelhanças entre Brasil e Rússia, o país que nos próximos dias sedia pela primeira vez a Copa do Mundo de Futebol.

Valteir Vaz em visita a São Petersburgo, segunda maior cidade da Rússia

É isso que revela o professor de línguas do Centro Paula Souza (CPS), Valteir Vaz, doutor em literatura e cultura russa.

“Quando a situação complica, dizemos que a ‘coisa tá russa’, mas a verdade é que nas práticas cotidianas, extremamente burocráticas por sinal, eles apresentam um comportamento muito parecido com o famoso ‘jeitinho brasileiro’, contornando os obstáculos nas formas mais criativas possíveis mas nem sempre politicamente corretas”, afirma.

Um exemplo “politicamente incorreto” citado por Vaz é o caso noticiado recentemente, em que um milionário foi flagrado dirigindo uma ambulância falsa em Moscou. “Quando a polícia vistoriou o carro, ficou surpresa: nada de equipamentos médicos. Lá dentro havia sofás luxuosos e até uma televisão. Ao ser indagado sobre o porquê daquilo, o motorista disse apenas que era uma maneira de furar o trânsito”, conta.

Literatura

Vaz destaca o interesse dos brasileiros pela literatura russa, intensificada nos últimos dez anos. “Nunca se vendeu e traduziu tantas obras no Brasil”, ressalta. “O curioso é que as publicações mais apreciadas são do século 19 e em menor grau as obras do início do século 20 ou os livros modernos”, fala o professor, lembrando que os autores mais populares entre os brasileiros são Fiódor Dostoiévski e Liev Tolstói.

Para ele, o brasileiro gosta de temas profundos da condição humana e de experimentar emoções a partir dos dramas contidos na literatura russa, envolvendo casos de amor, ódio, assassinato, vingança, traição, sofrimentos e conflitos ideológicos.

“Já as obras do século 20 são mais inventivas no que diz respeito à linguagem, o tema às vezes fica soterrado pelo burilamento formal e nem todo leitor está disposto a enfrentar textos assim”, diz. Em contrapartida, o educador conta que os russos são apaixonados por Paulo Coelho. “O escritor já teve cinco de seus livros na lista dos dez mais vendidos na Rússia”, lembra.

O professor destaca ainda o gosto dos russos pelas novelas brasileiras. “No início dos anos 1990, Escrava Isaura se tornou um grande sucesso no país inteiro. Diante de tantos problemas com as transformações políticas e econômicas, as pessoas encontraram uma distração ao acompanhar o drama da pobre moça brasileira.” No ano passado, Haja Coração também virou um fenômeno na internet e formou um fã-clube com mais de 35 mil pessoas na Rússia.

Copa do Mundo

Quando o assunto é a paixão pelo futebol, Vaz explica que os russos ainda são iniciantes no tema. “Embora estejam animados com a realização do mundial, o futebol não é o esporte mais famoso na Rússia”, conta. “Como se trata de um país frio, eles preferem as modalidades mais adequadas a esse tipo de clima, como o hóquei no gelo. Por isso, acho que teremos uma certa vantagem sobre eles durante a Copa”, brinca.

Confira outras curiosidades listadas pelo especialista em Rússia:

– O café sempre foi um dos produtos brasileiros mais notáveis nas prateleiras de supermercados, principalmente durante a União Soviética. Hoje, os russos importam carnes, açúcar, café, soja e outros itens primários.

– Os brasileiros são grandes importadores de produtos químicos russos, especialmente fertilizantes, além de materiais siderúrgicos.

– Há projetos de colaboração entre os dois países nas áreas de tecnologia nuclear e pesquisas aeroespaciais.

– O Brasil foi o primeiro país a ter uma filial do ballet Bolshoi. A escola fica em Joinville e foi fundada em 2000. Até hoje recebe professores russos.

– Os russos gostam muito dos brasileiros e nos acham um povo alegre, principalmente por causa do carnaval do Rio de Janeiro, considerado “luxuoso e libertário”.

– Os imigrantes russos chegaram ao Brasil em diferentes momentos, particularmente durante as revoluções e as guerras, em 1905, 1917, 1949 e 1965. Para os Estados de Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul seguiram imigrantes interessados na agricultura. São Paulo e Rio de Janeiro foram escolhidos por russos intelectualizados devido às universidades e grandes orquestras. Quando cientistas, pesquisadores e intelectuais saem da Rússia, eles dão a esse fenômeno o nome de “fuga de cérebros”.

Em clima de Copa, conheça mais sobre a cultura russa 2018-06-14T16:13:05+00:00

Governo de SP emite nota de pesar ao falecimento de Alberto Dines

Por Rafael Fioravanti Publicado em 24/05/2018, 10:37 - Atualizado em 24/05/2018, 10:37

“Hoje é um dia triste para a imprensa brasileira.

Com a perda de Alberto Dines, nos despedimos de um brilhante jornalista, que nos mais de 60 anos de carreira dirigiu e lançou alguns dos principais títulos de comunicação impressa do país.

Dines também compartilhou seu talento em sala de aula, quando lecionou em escolas de jornalismo no Brasil e nos Estados Unidos.

Meus sentimentos à sua família e aos seus colegas do Observatório da Imprensa, onde, com bastante propriedade, dedicava-se a analisar o trabalho dos veículos de comunicação.”

Márcio França
Governador do Estado de São Paulo

Governo de SP emite nota de pesar ao falecimento de Alberto Dines 2018-05-24T10:37:37+00:00

Confira algumas dicas para preservar corretamente livros antigos

Por Júnior Cardoso Publicado em 09/04/2018, 17:34 - Atualizado em 09/04/2018, 17:34

Restauradora da Casa Guilherme de Almeida dá alguns exemplos de como conservar o livro sem danificar a sua estrutura

Sabe aquele livro antigo e empoeirado da prateleira? Basta tomar alguns cuidados que ele pode ser restaurado e colocado para leitura novamente. A professora e restauradora da Casa Guilherme de Almeida, Marlene Laky, explicou sobre a atenção necessária que todo mundo deve ter com os livros.

Muita gente tem costume de passar cola branca ou colocar fita adesiva para grudar um livro desmontado. Mas isso, além de danificar ainda mais as páginas, pode prejudicar na hora da leitura. Exitem certos tipos de colas específicos que podem ser utilizadas em casos como este.

Esses cuidados, por exemplo, devem ser tomados diariamente pelo museu da capital paulista. Hoje, ele conta com um acervo de artistas renomados do país. Por isso, com diversas obras antigas, o seu principal objetivo é preservar o legado e a memória dessas personalidades. É por meio dessa atenção que a entidade permite que as pessoas tenham acesso aos grandes trabalhos de cada um deles.

Assista ao vídeo abaixo e confira algumas dicas para conservar corretamente uma coleção antiga de livros.

Confira algumas dicas para preservar corretamente livros antigos 2018-04-09T17:34:22+00:00