Júnior Cardoso

Início » Blogs » Júnior Cardoso

Opinião: Políticos fingem não ver a onda de crimes no Santa Rosa

Por Júnior Cardoso Publicado em 23/07/2018, 00:37 - Atualizado em 23/07/2018, 00:37

O progresso chegou ao Santa Rosa, na zona norte de Piracicaba. A chegada da Hyundai, faculdades, condomínios, escola particular, prédio de escritórios, concessionária de veículos e por ai vai. Só faltou a segurança pública acompanhar tudo isso, ou seja, faltou o básico…

Embora hoje não morar mais no Santa Rosa, bairro onde passei mais de 22 anos da minha vida, estou horrorizado com a falta de segurança que tem tomando conta do local. Sempre ouvimos dizer que junto do progresso vem a violência. Sim, ela veio.

Desde o começo deste ano, o PIRANOT vem noticiando diversos casos graves que está ocorrendo na região do bairro Santa Rosa. Numa conta rápida, duas familias foram feitas reféns, inúmeras casas foram roubadas e homicídios foram registrados no bairro ou próximo dele.

É fato que junto das grandes empresas, entre elas Hyundai e Raízen, o bairro valorizou muito. Os imóveis passaram a custar em menos de 10 anos quase três vezes mais, porém a que custo tudo isso? O pior é que aparentemente nenhuma autoridade, seja local ou estadual, essa última tendo a responsabilidade de garantir a segurança pública, vem fazendo ações para coibir os problemas que os moradores do Santa Rosa vem enfrentando. Parece que todos estão fingindo que nada de grave está ocorrendo. Até quando?

Tenho muitos parentes que ainda moram ou frequentam o Santa Rosa. Tenho em minha memória lembranças recentes da tranquilidade que era o bairro. Não havia medo, porque não se tinha motivo para isso, porém de alguns anos para cá, confesso que tenho pedido para que meus familiares se mudem de lá. Será que é certo termos de fugir de um local porque nossos políticos fingem não ver o problema?

Opinião: Políticos fingem não ver a onda de crimes no Santa Rosa 2018-07-23T00:37:00+00:00

Agradecer a morte de bandidos seria um pecado?

Por Júnior Cardoso Publicado em 06/02/2018, 18:31 - Atualizado em 06/02/2018, 18:33

Foto: Reprodução

Seria pecado? Agradecer a morte de bandidos pelas redes sociais virou uma coisa normal. Até quem prega 24 horas por dia o nome de Deus tem feito isso.

Hoje, dia 06 de fevereiro, mais um bandido morreu em uma perseguição policial em Piracicaba, conforme informou mais cedo o jornal PIRANOT, da rede de sites PORJUCA. Nos comentários, sempre encontramos os agradecimentos pela morte ou então frases como “Já vai tarde”, “Menos um”.

Diante de tamanha criminalidade no país, é difícil mesmo, por mais religioso que podemos ser, não louvar a morte daqueles que tanto nos faz mal. Que Deus nos perdoe, mas não estamos mais aguentando essa sensação de insegurança.

Na sua opinião: é pecado ou não louvar a morte de alguém? E se esse alguém for um bandido? Comente!

Agradecer a morte de bandidos seria um pecado? 2018-02-06T18:33:55+00:00

Bem vindos!

Por Júnior Cardoso Publicado em 06/02/2018, 18:15 - Atualizado em 06/02/2018, 20:01

Caros leitores,
Este é o meu espacinho. Aqui vou publicar minha rotina de trabalho como diretor e editor chefe dos sites PIRANOT e PORJUCA, além de artigos de opinião sobre tudo e todos.

Espero que gostem e fiquem atentos as minhas postagens!

Obrigado!

Bem vindos! 2018-02-06T20:01:14+00:00